A chefe (2016)

29 maio 2016


Michelle Darnell viveu, durante a sua infância, num orfanato. O seu mau-humor fê-la passar muito tempo a saltitar de família em família. No entanto, nenhuma foi capaz de ficar com ela, acabando sempre por regressar ao mesmo sítio. Anos mais tarde, torna-se milionária. Aliado a isso, ela continua com o mau feitio e com uma capacidade incrível de chatear os outros. Mas as coisas mudam quando ela é acusada de uso privilegiado de informação e vai para a prisão. Aqui começa a verdadeira história. Após lhe ser concedida liberdade condicional, ela começa a perceber que todas as pessoas lhe viraram as costas como consequência de tudo o que ela fez durante anos. Todas menos uma: Claire, a sua ex-assistente. Juntas vão criar coisas boas para ambas, mas, acima de tudo, vão criar uma amizade inigualável capaz de fazer perceber a Michelle que há coisas muito mais importantes que todo o dinheiro do mundo. 

Lendo uma sinopse rápido em qualquer site, pensa-se rapidamente que se trata de um filme interessante com uma moral que nos faz (re)pensar nas nossas prioridades. E faz. Eu cheguei ao fim e retive a moral, mas confesso que cheguei a ficar cansada do filme. Primeiro, porque se trata de uma comédia e foram poucas as vezes que esbocei um sorriso (não, não dei nenhuma gargalhada) e, segundo, porque paguei uma ida ao cinema para me sentir, agora, arrependida. O filme tem uma história incrível e, depois, fazem disso uma coisa patética sem cabimento nenhum. Estou arrependida de ter gasto dinheiro para ver este filme e, principalmente, por ter perdido o meu tempo. Não recomendo.

3 comentários:

  1. Nunca vi, nem tinha ouvido falar.
    Beijinhos :)
    http://those-colorful-words.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Com base no trailer, era de se esperar que o filme não fosse grande coisa. Nem acredito que pagaste para vê-lo no cinema! Imagino a "raiva" não deves estar a sentir por isso. Gosto bastante da Melissa McCarthy, mas tal como tu, se me ri duas vezes foi muito. Uma pena.

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pela tua opinião, talvez não seja um filme que queira ver no cinema, mas é dos que quero ver o mais rápido possível. Mas tinha em mente, uma comédia, afinal, enganei-me.
    Bem, foste ao cinema, espero que tenhas comido pipocas :D

    ResponderEliminar

Anywhere © 2017
Design: Hello Manhattan