Volto sempre aos lugares que me fazem feliz

01 agosto 2017


Sempre que escrevi aqui, fi-lo para deixar uma marca das coisas boas que eu queria guardar com carinho eternamente. Deixei sempre de parte os momentos em que fraquejei, em que me deixei ir abaixo com os obstáculos que tinha de enfrentar e os momentos que sei que não trariam qualquer tipo de felicidade para quem me lê. Provavelmente era um pensamento completamente errado porque, hoje mais do que nunca, consigo ver para além das coisas más que cada situação trás consigo. Acredito verdadeiramente que tudo tem um lado bom, mesmo quando o mundo insiste em nos pisar sem piedade ou nos tira o chão de repente. 

Ter este pensamento é uma constante luta diária, principalmente quando tudo parece estar errado. Num dia temos tudo e no outro, sem sabermos muito bem como, tiram-nos a tranquilidade. As lutas daqueles que conquistam o nosso coração também são lutas nossas, embora com uma dimensão completamente diferente, e nem sempre é fácil ter de lidar com situações tão assustadoras. Principalmente quando estas têm um nome tão duro de ser dito.

Esta é uma daquelas experiências que exigia (e continua a exigir) um momento de paragem. Desligar de tudo o que nos desconecta com o mundo real e enfrentar os medos com toda a força do mundo. Embora não planeado, foi completamente necessário. Mas, ao mesmo tempo, trouxe-me uma força gigante que eu espero conseguir transmitir à minha avó de todas as vezes que a abraçar. E que isso seja suficiente para a fazer vencer tudo o que ainda está para vir. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Anywhere © 2017
Design: Hello Manhattan